segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Quando a rua entra em festa: O Carnaval em Cachoeira de Minas (1965 – 1988)

Baile no Mercado Municipal de Cachoeira de Minas em 1969
Foto do arquivo pessoal de Márcia Xavier Leão



Aluna: Ana Rosa Oliveira Reis
Orientadora: Andréa Silva Domingues

Analisaremos neste estudo as práticas culturais e maneiras de se fazer de homens e mulheres dentro desta festa de carnaval na cidade de Cachoeira de Minas/MG, no período que compreende de meados da década de 1960 até os finais de 1980, no qual o carnaval foi comemorado com desfiles de blocos de rua trazendo ao espaço público homens, mulheres, negros, brancos e crianças. Estes muitas vezes fantasiados, em carros alegóricos, dançando, cantando e compondo marchinhas, animados pelo público que assistia aos desfiles. Buscamos assim analisar os divertimentos, os modos de vida de diferentes homens e mulheres, mas principalmente das pessoas que mesmo não possuindo recursos financeiros participavam da festa, improvisando suas fantasias, seus instrumentos e fazendo do carnaval um grande momento de quebra do cotidiano, podendo vivenciar momentos de descontração e alegria, e até mesmo realizando protestos contra a política, o poder público e os blocos concorrentes. Compreendendo as dificuldades em se realizar os desfiles, as rupturas e desistências, bem como as táticas e estratégias, as resignificações pelas quais esses blocos foram passando ao longo dos anos e os motivos que levaram ao fim dos desfiles. Metodologicamente trabalhamos com a história oral, a memória dos sujeitos sociais que participaram dos mais diversos modos nos desfiles, organizando, confeccionando ou participando dos blocos. Além das fotografias que são neste caso um suporte à memória nos fornecendo detalhes e diferenças entre os desfiles.

Palavras-chave: Cultura. Memória. Carnaval

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário